domingo, 8 de dezembro de 2013

O começo

Para começar eu não sei o porquê de criar este blog. Talvez por estar cansada de guardar meus sentimentos só para mim – se é que ainda os tenho – e não descarrega-los para um mundo, ou talvez por não ter nada para fazer mesmo. O mundo. Que parece ser patético e simplório, mas por trás dessa enorme máscara tem uma sociedade que não permitem ser como somos. Não permitem expressar nossas opiniões, mesmo que de uns tempos para cá isso melhorou. Mas não o suficiente. Ainda vejo pessoas sendo reprimidas por falar o que pensam...  “Você não pode fazer isto.” “Você não pode ser isso.” “Você não deve fazer isto.” “Não, não e não.”. É isso que escutamos da sociedade. Um simples “foda-se” resolve algumas coisas, algumas. Simplesmente não escute, coloque fones de ouvidos e ponha aquela música para tocar. Música acalma, faz refletir, nos transporta para outro mundo.  
Irei transformar isto como uma segunda casa, onde ficarei a vontade para falar, desabafar e rabiscar. Realmente são desabafos sem ouvinte...


 “Você nunca sabe a força que tem. Até que a sua única alternativa é ser forte. – Johnny Depp”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário